O Pensamento Resiliente

mailchimp pensamento resiliente

O estoicismo é uma escola filosófica que nasceu na Grécia Antiga, floresceu na Roma Antiga e continua tendo muito o que nos ensinar sobre calma, resiliência e estabilidade emocional.

Provavelmente o maior e, com certeza, o mais prolífico filósofo estoico foi o autor e estadista romano Sêneca, nascido em 4 d.C., na Espanha, e morto em 65 d.C., em Roma.

Para os filósofos estoicos da Roma Antiga, a maneira de encontrar calma é não insistir que coisas ruins não acontecem. Elas podem acontecer e acontecem o tempo todo. Talvez, não exatamente como as crianças imaginam, mas, muitas vezes, de um jeito parecido. Há fomes, pestes, incêndios e guerras. Há alguns animais perigosos e algumas pessoas realmente bestiais. Há doenças horríveis e há morte. 

No entanto, os estoicos insistiam que, embora esses fatos sejam possíveis, eles podem ser enfrentados de uma forma muito mais forte do que somos inclinados a pensar. Podemos esmiúça-los e dominá-los  por nossa mente. Não devemos deixá-los como preocupações inexploradas e nem enfiá-los no fundo da gaveta da consciência, pois fazer isso é dar vitória a eles e permitir que nos incomodem para sempre. Nem sempre há finais felizes, como muitas histórias infantis sugerem. Mas, pode haver um conforto se olharmos para todas as nossas opções no meio da calamidade.

“Para encontrar calma”, escreveu o filósofo Sêneca, “não imagine o que provavelmente acontecerá, mas o que pode acontecer”. Em outras palavras, imagine o pior, leve suas preocupações ao limite e mapeie as perdas. Talvez, o diagnóstico não seja bonito. Mas, pode ser, de alguma forma, aceitável. Os estoicos aconselhavam imaginar os cenários mais terríveis, grandes desgraças, pobreza total, perda de um membro ou dois, e tentar analisar seus horrores de frente. 

O caminho para a força anterior não era fugir da ansiedade, mas acender a luz no quarto do medo e ver o que realmente há ali. Se houvesse uma enchente, como poderíamos lidar? Se houvesse uma peste, como poderíamos gerenciar? Se recebêssemos um diagnóstico, o que faríamos em seguida? Isso é ser resiliente, que é diferente da reação de simplesmente acreditar que tudo ficará bem, até não ficar e nos vermos perdidos.

Quando estamos furiosos, paranoicos, enfraquecidos ou tristes, o estoicismo está disponível, como tem estado nos últimos dois mil anos, para nos oferecer sabedoria, força e amizade.

 

Texto: The Book of Life

 

Para mais ideias sobre a resiliência, veja a nossa completa gama de conteúdo no site e assista também as nossas aulas sobre o tema.

www.theschooloflife.com/saopaulo/calendario

Recent entries