Como manter uma equipe constantemente motivada

como manter uma equipe motivada 2 10.20 

Incentivar as pessoas a trabalhar arduamente e fazer o seu melhor – sendo altamente motivadas – é uma das grandes questões nas empresas. Todos podem reconhecer em si mesmos a enorme diferença que a motivação traz: você enfrenta os desafios com energia, realiza tarefas rotineiras, mantém a calma sob pressão. Se pudéssemos nos manter assim frequentemente... 

Há muitas ideias sobre como aumentar a motivação de um grupo: ter um escritório ou local de trabalho bem iluminado, ventilado e moderno, fazer todo mês o happy hour com pizza, abrir espaço para uma mesa de pingue-pongue – mas essas sugestões só veem a ponta do iceberg. 

Impressionantemente a crença dominante é a de que o melhor jeito de motivar as pessoas é dando a elas maiores compensações financeiras. 

Ainda assim, as empresas continuam com dificuldades. Colaboradores nem sempre parecem se importar com o trabalho em si: ficam cansados facilmente, entediados, com a cabeça em outro lugar na maior parte do tempo, não chegam todos os dias ansiosos para superar problemas e procrastinam. 

A procrastinação é algo que fascina a todos nós. É a rainha da autossabotagem e, ainda assim, todo mundo faz isso, inclusive pessoas altamente bem-sucedidas, que você descreveria como altamente motivadas. Até elas passam por episódios de não saber o que fazer com elas mesmas, tendo dificuldade em se concentrar. É importante reconhecer isso, porque mostra o quanto a motivação é um problema disseminado. 

Em algum momento, precisamos considerar de onde vem aquele desejo interno de fazer o melhor, ou aquela gana e como usar isso. 

Ao pensar na questão da automotivação, podemos nos remeter a Maria Montessori, a famosa psicóloga educacional. Ela acreditava que as crianças deveriam aprender da forma mais autônoma possível, para perceber a própria preparação, e que isso desenvolve inteligência emocional. Montessori nos ensinou muito sobre independência, preparação e automotivação. 

As pessoas se sentem mais motivadas quando se sentem desafiadas. Elas também podem se motivar quando são adequadamente reconhecidas por aqueles com quem trabalham e quando se sentem mais úteis, quando são constantemente lembradas do propósito maior do que estão fazendo.

Quando alguém entende por que seu trabalho importa e recebe o grau certo de liberdade para explorar esse significado, a motivação se torna tão habitual quanto o trabalho em si.

 

Texto: The School of Life

Veja nosso calendário completo aqui.

Recent entries