Arte como Cura Para a Ansiedade

banner principal 3

A arte nunca foi um mero entretenimento. Junto com a filosofia e a religião, ela tem sido a principal fonte de consolo da humanidade. É a ela que também deveríamos recorrer nos momentos que precisamos de mais acolhimento. 

 

Imagem 1 

caspar david

Sua função é nos dar acesso a um estado mental no qual estamos imensamente conscientes da vastidão do tempo e do espaço. A obra é melancólica, mas não triste; calma, mas não desesperadora. Nessa condição da mente – nesse estado da alma, mais romanticamente dizendo – ficamos mais bem equipados para lidar com dores intensas, intratáveis e particulares que estão diante de nós. Somos levados a perceber que as tensões no casamento ou as frustrações no trabalho não são apenas problemas particulares, fazem parte da grandiosa estrutura do universo... 

 

Imagem 2 

 sugimoto

Hiroshi Sugimoto, The Atlantic Ocean, 1989 

Por causa da forma como nossas mentes funcionam, é muito difícil sermos qualquer coisa além de tremendamente preocupados com o que está imediatamente perto de nós, no tempo e no espaço. No entanto, nesse processo, tendemos a exagerar a importância de algumas frustrações que, no grande esquema das coisas, não merecem tanta agitação e desespero. Somos profundamente ruins em reter a perspectiva. A arte pode nos ajudar ao nos retirar das circunstâncias atuais e colocar os eventos diante de um cenário mais imponente e vasto.  

 

Imagem 3

 kintsug

Anônimo, Tigela Kintsugi, 1990 

No “kintsugi”, não há uma tentativa de disfarçar o dano. O objetivo é tornar as linhas falhas óbvias e elegantes. As veias preciosas de ouro estão ali para enfatizar que não é inesperado ou apavorante que as coisas se desfaçam: isso cria uma oportunidade de restauração – e de forma redentora. 

 

Imagem 4 

nasa

A ciência se une à arte para dignificar e dar uma grandeza trágica a nossa inescapável fragilidade. Não sabemos o que acontecerá nas nossas vidas, nem onde acabaremos, o que será daqueles que amamos, quais serão os resultados de nossos esforços, se nossas devoções trarão frutos, se nossas esperanças serão realizadas e se nossos sonhos se tornarão verdade ou serão em vão. A imagem da NASA pode nos guiar para uma perspectiva útil. Ela oferece um alento as nossas preocupações sobre a próxima semana ao prender nossa atenção em algo vasto e impessoal. Somos lembrados do quanto nossas preocupações podem parecer minúsculas. 

 

Texto da The School of Life

 

Veja aqui em nosso calendário a próxima turma da aula Arte como Terapia.

Recent entries