The School of Life para sua empresa

Oferecemos aulas e workshops para empresas, ajudando seus parceiros e clientes a terem vidas mais plenas e desenvolverem inteligência emocional.

Entre em contato

Autoconsciência

Autoconsciência é a base da inteligência emocional, mas estudos mostram que, embora a maioria de nós ache que nos compreendemos, frequentemente temos pouca ideia de como os outros realmente nos veem. Esta lacuna alarmante leva a mal-entendidos, dificuldade de trabalho em equipe, predisposição para o conflito, tomadas de decisão equivocadas e falta de direção.

Neste workshop, vamos:

- Considerar como nossa imagem de nós mesmos pode ser diferente de como os outros nos veem

- Avaliar nossas próprias atitudes e crenças inconscientes

- Aprender a reconhecer algumas barreiras comuns à autoconsciência, incluindo projeção, transferência e resistência

- Aprender a técnica de “meditação filosófica” para começar a nos familiarizar com as convicções ocultas por trás de nossos sentimentos e comportamentos cotidianos

Definição

A autoconsciência é a habilidade de entender os próprios sentimentos e comportamentos e estar ciente das próprias reações emocionais.

O que caracteriza o domínio dessa habilidade?

Pessoas altamente autoconscientes praticam meditação filosófica (ou outras formas de metacognição) regularmente, refletindo sobre seus pensamentos. Elas sabem e levam em conta que seus pensamentos são influenciados pela parte inconsciente da mente. Elas trabalham para reconhecer, entender e remodelar ativamente seu diálogo interno. Podem demonstrar autoconsciência por meio de um processo muito consciente de tomada de decisões e pela admissão de vulnerabilidades a colegas, clientes e gerentes. Eles costumam pedir feedback, refletir ativamente sobre ela e reavaliar o feedback para entender melhor como os outros as veem.

O que caracteriza a falta dessa habilidade?

Uma falta de autoconsciência pode ser observada em pessoas que tendem a ter uma autoimagem muito diferente da que imagem que os outros têm e nos que não têm a capacidade de reconhecer isso ou a curiosidade de saber mais a respeito. Elas evitam pedir a opinião de outras pessoas, e a reação delas a um feedback honesto e construtivo tende a ser excessivamente resistente. Elas têm dificuldade para aceitar que outros possam discordar de sua versão da realidade. Isso geralmente leva a mal-entendidos entre as duas partes sobre como um trabalho deve ser feito, ritmo de aprendizado e promoções mais lentos e conflitos causados pelo mesmo comportamento. Outra consequência pode ser insatisfação e estresse nos colegas, que precisam compensar a falta de autoconsciência de um gerente. Além disso, pessoas com baixa autoconsciência não demonstram perceber como podem estar com falta de objetividade ou precisam corrigir sua percepção de situações importantes.

“A melhor coisa do mundo é saber pertencer a si mesmo.”

Michel de Montaigne