Voltar
Veneração ao Sol

Veneração ao Sol

Imagine um dia ensolarado, em que muitas pessoas, ao saírem de casa, perceberão um brilho diferente na luz, uma suavidade no ar, que pode gerar uma onda de esperança e uma disposição para olhar para as questões do cotidiano com uma determinação renovada.

O prazer que pode ser causado pelo tempo bom é, de certa forma, absurdo. A gratidão pelo sol pertence a uma categoria de satisfação tão simples. É tentador negar a significância do tempo – especialmente para os filósofos – e focar, em vez disso, em questões políticas e econômicas mais substanciais, pelas quais o curso de nossa vida é tremendamente determinado. Com certeza deveríamos conseguir superar pequenas frustrações como onze dias de chuva e um vento polar persistente vindo do sul.

No entanto, a realidade é que nosso comportamento revela uma devoção a uma verdade simples, até simplista: nossa fé em nós mesmos e em nossas perspectivas frequentemente é determinada por nada mais grandioso do que o número de fótons de luz no céu e graus de calor no ar. Calor, brisas agradáveis, luz solar intensa e flores frescas podem ter um papel crucial em nos encorajar a não desistir das coisas.

Um dia ensolarado, flores, céu azul, crianças correndo na praia… são símbolos cruciais de esperança.

By The School of Life

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Como Controlar Seu Crítico Interno

Não é algo que nos sentimos sempre capazes de discutir livremente, mas muitos de nós somos assombrados por uma voz interna crítica e profundamente negativa – e uma sensação de…

Saiba Mais