Por Que a Filosofia Deveria Ser Mais Pop

 07.12 mailchimp filosofia pop 11

O argumento de que a filosofia deveria ser mais disseminada como a música pop parece estranho. Afinal, de imediato, pode nos vir à cabeça imagens de acadêmicos formais usando roupas espalhafatosas, de posse de suas guitarras. Mas há mais sabedoria nisso do que possa parecer. 

Quando o pop estourou, nas décadas de 50 e 60, parecia ser, por vezes, algo especialmente frívolo, favorecido por adolescentes com hormônios à flor da pele, algo ligado a comportamento delinquente e bizarro. A filosofia, por sua vez, tinha uma reputação de ser profundamente séria e impressionante – o lar natural da grande ambição de entendermos a nós mesmos e transformar o mundo por meio das ideias. 

Entretanto, desde os anos 1960, a filosofia tem se limitado a um grupo restrito, enquanto o movimento pop conquistou o mundo. Como o principal meio de articulação de ideias em grande escala. Isso pode ser um indício de que, se quiser sobreviver, a filosofia deve estudar o pop; parte de sua salvação está em entender as técnicas do pop para que consiga se tornar, de formas essenciais, um pouco mais como ele. 

É por isso que, na The School of Life, buscamos libertar a filosofia de sua imagem contida e antiquada. Nos empenhamos para apresentar às pessoas as melhores ideias de grandes pensadores de uma forma envolvente, acessível e, acima de tudo, empolgante: atualizar a sabedoria antiga para os dias de hoje. Não só para conhecimento geral, mas para que esses pensamentos nos ajudem a lidar melhor com alguns dos desafios da nossa época.

Escolha seu estilo filosófico:

  • Viver com calma
  • Encontrar confiança
  • Descobrir quem você é
  • Melhorar suas relações 

 

Texto: The School of Life

Veja nosso calendário completo aqui .

Recent entries