O que atrapalha o nosso foco

o que atrapalha o nosso foco 3

Fazer as coisas bem, de maneira correta e rápida é um objetivo nobre. Mas é muito difícil – como qualquer pessoa com uma lista enorme de tarefas em casa pode lhe dizer. Normalmente, as recomendações nesta área seguem dois caminhos: melhorar a tecnologia e se esforçar mais. Mas o que muitas vezes não nos contam é que muitos dos obstáculos mais importantes ao foco e à eficácia estão relacionados aos nossos hábitos de pensamento e sentimento. Como você pode imaginar, isso significa que nossos cérebros – e a maneira como eles funcionam – geralmente podem explicar por que somos ineficazes.
 
Por que nossos cérebros não funcionam como máquinas
 
Existem três princípios pelos quais nossos cérebros não funcionam como máquinas:
 
1. São intermitentes - Nossos cérebros só funcionam algumas vezes, geralmente fora do horário comercial;

2. Ficam facilmente exaustos e distraídos - Em geral, o cérebro consegue pensar bem por, no máximo, dois minutos ininterruptos, antes de procurar por descanso e distração. Isso também significa que somos muito, muito ruins em ser multitarefa. Não importa o quanto você acredite ser bom nisso, estudos psicológicos mostram que é, basicamente, impossível se concentrar em duas coisas ao mesmo tempo. Nós simplesmente mudamos nossa atenção muito rapidamente – muitas vezes perdendo o controle de detalhes fundamentais ou perdendo mais tempo de modo geral – enquanto aumentamos nossos níveis de estresse.
 
3. São sujeitos à falha heurística - Heurística são atalhos que nosso cérebro segue para nos ajudar a tomar decisões de maneira mais rápida e fácil, quando estamos com pressa. A questão é que, com um mundo cada vez mais complexo, atalhos muitas vezes não funcionam, se traduzindo em decisões erradas. Isso nos leva a gastar muita energia com preocupações falsas, usando mal o nosso tempo.

Como fazer melhor uso da sua mente
 
Para trabalhar de maneira compatível com as limitações do cérebro, evite se forçar a ser multitarefa. Tente cumprir sua lista de atividades diárias com uma sequência de esforços breves e estruturados. Faça pequenos intervalos entre uma tarefa e outra quando sentir cansaço. Tomar ar fresco ou se distrair com alguma atividade relaxante por cinco minutos pode ajudar a refrescar nossa mente.

Aceitar e saber trabalhar com as ineficiências do nosso cérebro e a complexidade de algumas tarefas tende a nos afastar do medo de não sermos eficientes ou bons o suficiente. Em alguns casos, o medo pode até servir de estímulo. Mas, em excesso, ele pode nos paralisar.

 

Texto: The School of Life

Veja nosso calendário completo e a próxima turma do workshop Como Manter o Foco aqui.

Recent entries