O Prazer de Ler Juntos na Cama

Mailchimp Lendo juntos CorretaArtboard 1

No quarto, por volta das nove da noite. Faz silêncio, exceto pelo barulho das folhas no jardim.

Estamos lado a lado, cada um absorto em um mundo diferente. Um de nós pode estar em um submarino sob o gelo do Ártico, enquanto o outro percorre os salões da Paris do século 18. De vez em quando, nossos dedos dos pés se tocam momentaneamente, mas sem chamar atenção.

Talvez levantemos a mão para tocar na nuca do parceiro antes de virar uma página. Podemos ouvi-lo respirar muito levemente.

Não há – felizmente – necessidade de dizer coisa alguma.

Assim vai, por uma hora ou mais.

É simples, confortável e doce. E, claro, é um prazer que nossa sociedade está quase congenitamente propensa a não notar ou respeitar.

Quando somos convidados a imaginar para que uma relação pode servir, tipicamente imaginamos cenários animados: sexo quente recostados na parede, uma celebração de um triunfo no trabalho, ir ao aeroporto para miniférias, a exploração mútua das almas.

Ainda assim, quando os verdadeiros prazeres do amor de longa data são avaliados, surge um conjunto bastante diferente de imagens, muito menos dramático, mas também muito mais real e, de sua própria maneira, gratificante: o sorriso de canto de boca que nosso parceiro nos dá na presença de um pai que foi complicado no passado, assistir um seriado episódio por episódio e discutir personagens e tramas, sentar no chão separando as meias depois de lavar, a conversa que temos depois que amigos que vieram almoçar foram embora, montar uma estante de livros e perceber que os dois entenderam totalmente errado as instruções, a ponto de ser quase engraçado.

É dentro dessa lista de prazeres ocultos que encontramos a alegria de ler juntos na cama. Ela representa, do seu jeito, uma grande habilidade psicológica. Não há realmente outra pessoa com quem poderíamos fazer isso. Se o mundo fosse mais justo, buscaríamos parceiros que não apenas pudessem realizar proezas sexuais espetaculares e tivessem um visual incrível, mas também aqueles com quem poderíamos, um dia, virar páginas em silêncio.

Ler juntos simboliza ser capazes de compartilhar nossos “eus” verdadeiros sem vergonha, culpa ou necessidade de fingir. Somos, deitados juntos na cama e como tão raramente no restante da vida, simplesmente aceitos.

Relações de longo prazo são, inevitavelmente, empreitadas profundamente complicadas. Duas pessoas autênticas, ambiciosas e independentes não podem esperar unir suas vidas sem uma quantidade imensa de atrito e dor.

Tendemos a ser tão cientes dos problemas que, às vezes, não damos valor aos momentos de paz, não conseguindo apreciar sua conquista fundamental. Pode não ter glamour, mas conseguir ler na cama com outra pessoa é um marco importante e um sinal de afeto profundo. Talvez estejamos nos saindo melhor do que pensamos.

 

Texto do The Book of Life

Para mais informações sobre nossas aulas de relacionamentos clique aqui.

Recent entries